Vai terminando primeira etapa de vacinação contra a aftosa

30/05/2016
 |   

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa, que teve início em 1° de maio na maioria dos Estados, vai chegando ao fim. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), cerca de 170 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos devem ser imunizadas até o dia 31 próximo.

 

A vacinação é obrigatória para todos os animais, independentemente da idade, no Distrito Federal e nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins até o dia 31 deste mês. Em Roraima, onde a campanha começou em abril, a data limite é dia 30 de maio. Já em Mato Grosso do Sul, o trabalho deve ser concluído em 15 de junho.

 

No Amazonas, a imunização de todo o rebanho teve início em março. Em 41 municípios às margens do Rio Amazonas, o período de vacinação acontece de 15/3 a 30/4 e de 15/07 a 30/8. Os municípios de Guajará e Boca do Acre seguem o calendário do estado do Acre e as partes dos municípios de Canutama e Lábrea, que compõem a zona livre de febre aftosa com vacinação, seguem o calendário do estado de Rondônia.

 

Nos municípios que compõem a fronteira do Acre com a Bolívia, os produtores devem vacinar todos os bovinos e búfalos semestralmente. Já nas demais cidades do Estado, a vacinação é feita somente entre os animais com idade até 24 meses, e termina em 31 de maio.

 

A data vale também para outros Estados que vacinam o rebanho nesta faixa etária, sendo eles: Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná e São Paulo. A exceção é Rondônia, onde a vacinação de bovinos e bubalinos com até 24 meses se encerrou no último dia 15.

 

No Amapá, a vacinação acontece somente na segunda etapa anual, em novembro, quando devem ser vacinados os bovinos e búfalos de todas as idades.

 

Segundo o Departamento de Saúde Animal (DSA) do Mapa, o produtor que não imunizar o rebanho sofre restrição quanto à movimentação do gado e pode ser multado. Depois de vacinar os animais, o criador deve ir até ao serviço veterinário oficial do estado mais próximo ou do Distrito Federal para comprovar que aplicou a dose da vacina.

 

O Brasil tem um rebanho de 212 milhões de bovinos e bubalinos. Na segunda etapa da vacinação do ano passado, no segundo semestre, a vacinação contra a aftosa atingiu um índice de cobertura de 98,17%.

 

Data da Publicação: 27/05/2016

Fonte: Portal DBO

http://www.portaldbo.com.br/Revista-DBO/Noticias/Vai-terminando-primeira-etapa-de-vacinacao-contra-a-aftosa/16629

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar