RECUPERAÇÃO NOS PREÇOS DO LEITE NOS EUA CONTINUARÁ, AFIRMA DEAN FOODS

17/11/2016
 |   

Os preços do leite nos Estados Unidos terminarão o ano com firmeza, disse a maior processadora de lácteos do país, Dean Foods, após a última série de sinais positivos aos mercados de lácteos no país (recuperação na produção de queijos e leite em pó).

 

A Dean Foods previu preços para o leite classe 1 (em média US$ 36,40 por 100 quilos em dezembro), recuperando-se em 11,7% com relação ao mês anterior - apesar de permanecer marginalmente baixo com relação ao ano anterior.

 

O aumento estenderia o aumento nos preços com relação ao menor valor alcançado de US$ 28,97 por 100 quilos em junho, à medida que o mercado americano lidou com volumes do aumento sazonal na produção, contra uma queda no mercado mundial ainda nos estágios iniciais de recuperação.

 

A previsão vem em meio a sinais positivos de outras partes do mercado de lácteos dos Estados Unidos, com os futuros no mercado spot de cheddar (barrels), por exemplo, aumentando em 55,67 centavos, para US$ 4,10 por quilo.

 

De fato, a produção de queijos dos Estados Unidos em setembro alcançou 445 milhões de quilos, um recorde para o mês, enquanto a produção de leite em pó desnatado alcançou 56,97 milhões de quilos, o maior dado para setembro em 54 anos.

 

E, de acordo com o Conselho de Produtores de Leite, “os fundamentos no mercado de manteiga também estão um pouco otimistas”. “Apesar do creme ainda estar abundante nas regiões central e ocidental dos Estados Unidos, as ofertas estão caindo no leste”.

 

As previsões da Dean Foods vieram à medida que o grupo revelou uma queda de 28%, para US$ 14,53 milhões, nos lucros no trimestre de julho a setembro, com as receitas caindo em 3,4%, para US$ 1,96 bilhão, refletindo preços menores que no ano anterior. Entretanto, os lucros vieram em US$ 0,37 por ação, um pouco maior do que os US$ 0,36 previsto por analistas.

 

A Dean Foods está planejando mudar seu negócio em direção a produtos de leite e sorvete de marca que comandam mais lucros, à medida que o consumo de leite cai. A companhia disse que houve um “contínuo crescimento” no leite com sabor e um aumento de 14% no sorvete, direcionados principalmente pela aquisição da Friendly’s. Uma “inovação robusta em sorvetes para 2017” foi prevista, disse a companhia.

 

Data da Publicação: 17/11/2016.

Fonte: MilkPoint

http://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/giro-lacteo/recuperacao-nos-precos-do-leite-nos-eua-continuara-afirma-dean-foods-102900n.aspx

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar