QUALIDADE DO LEITE VERSUS QUALIDADE DA ÁGUA

01/07/2016
 |   

O canal será abastecido por João Luis dos Santos, diretor e fundador da Especializo. A “Especializo Qualidade da Água” é especializada em gestão ambiental da produção animal. Na produção de leite, atua na gestão da qualidade e quantidade da água destinada as diversas etapas envolvendo a dessedentação e processos de higiene e limpeza, fontes alternativas de água e tratamento de águas residuárias. Assuntos como padrão de qualidade de água ideal para produção de leite, impactos da qualidade do leite na saúde da vaca e nos custos de produção, serão abordados, assim como outros temas. Nos acompanhe!

 

Confira o primeiro artigo do blog “Gestão da Água”:

 

No último dia 3 de maio, o Ministério da Agricultura, se viu obrigado a prorrogar o prazo para os novos limites previstos na Instrução Normativa 62 (IN62), que deveriam entrar em vigor em 1º de julho de 2016 e reduziriam de 500 mil CCS por ml para 400 mil CCS/ml e, bem como, de 300 mil UFC/ml para 100 mil UFC/ml a contagem bacteriana (CPP). Com a decisão, os novos limites ficam prorrogados por mais dois anos.

 

Para um país de tradição agrícola, cujo agronegócio é essencial para o equilíbrio da balança comercial, entre os líderes na exportação de produtos como carnes, o Brasil poderia ser o maior produtor e exportador de leite do mundo. No primeiro evento sobre qualidade de leite que participei, na palestra do Dr. Humberto Monardes, quanto a esse tema, ao responder a pergunta sobre o que faltava para o Brasil ele respondeu: higiene.

 

Ninguém faz uma higiene adequada com água suja, contaminada. Creio que o leitor não tomaria banho com uma água que saísse de seu chuveiro turva ou barrenta. Parte fundamental dos procedimentos de higiene e limpeza, a água deve ser isenta de contaminação microbiológica. Ocorre que laticínios e produtores compram detergentes altamente eficientes para higienização, investem em equipamentos sofisticados e automatizados, aquecedores de água, salas de ordenha totalmente revestidas, alimentação e manejo adequado, mas não dedicam atenção à sua água.

 

A qualidade da água utilizada nos procedimentos de higiene e limpeza tem impactos diretos na CPP. Os coliformes, e outras bactérias, em temperatura acima de 13 graus e na presença de nutrientes (leite), dobra de população a cada 20 minutos. A presença destes micro-organismos na água tem ainda relação direta com a ocorrência de mastite ambiental.

 

No Rio Grande do Sul e Minas Gerais, produtores que têm implantado um simples processo de cloração da água, associados aos procedimentos adequados, já alcançaram os limites da IN62. Quanto tempo mais precisaremos prorrogar a Instrução Normativa 62? João Luis dos Santos Campinas – São Paulo – Consultoria/extensão rural

 

Data da Publicação: 01/07/2016

Fonte: Laticínio.net

http://www.laticinio.net/noticias/completa/17941_qualidade-do-leite-versus-qualidade-da-agua

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar