PRODUTORES DE LEITE DO PIAUÍ AMARGAM QUEDA NA PRODUÇÃO POR CONTA DA SECA

15/08/2016
 |   

Além do clima, outra preocupação é o aumento nos custos de produção. Para se ter uma ideia, em 2015 a saca do milho era vendida a R$ 30, atualmente o valor dobrou. A reclamação dos produtores é que o aumento nos custos não refletiu no preço do leite . No ano passado o criador Onofre Gomes vendia o litro do leite a R$ 1,05, atualmente o valor aumentou para R$ 1,15.

 

“Onofre em 100 vacas leiteiras que produzem 900 litros por dia, só que o número caiu 20% nos últimos anos. “A ração está muito cara, com isso só estamos dando uma vez ao dia devido as condições”, falou.

 

Sem ter como lucrar, Alguns criadores do município estão abandonando a atividade de produtor de leite. “Eu tinha 50 vacas leiteiras e vendo a situação ruim no clima e no aumento dos custos tive que vender as vacas para não me aperrear mais ainda”, contou o criador Frutuoso Rodrigues.

 

A crise que afeta os criadores, também reflete na indústria de laticínios Em um ponto de coleta de uma empresa privada na cidade a compra do leite caiu quase pela metade. “Antes a gente recebia 7 mil quilos por dia de leite e atualmente recebemos cerca de 4 mil”, contou José de Sousa, recepcionista da empresa. Segundo o gerente do Programa Balde Cheio, Marcus Vinicius, apesar de ter o solo e clima apropriado para a criação de gado, O Piauí ainda produz pouco leite em relação a outros estados. “Os últimos dados oficiais falam numa produção diária de 230 mil litros por dia no estado e nos últimos cinco anos nós sofremos com a seca e a produção caiu e agora estimamos em uma produção diária de 150 mil litros de leite”, contou.

 

Data Da Publicação: 15/08/2016

Fonte: Laticínio.net

http://www.laticinio.net/noticias/completa/18036_-produtores-de-leite-do-piaui-amargam-queda-na-producao-por-conta-da-seca

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar