PRODUTIVIDADE DA SOJA SURPREENDE E PODE SE APROXIMAR DE RECORDE

27/12/2017
 |   

Após um início de safra turbulento, com o clima seco atrasando o plantio de soja, as lavouras da safra 2017/18 têm apresentado boas condições de desenvolvimento e podem registrar produtividades próximas ao recorde da temporada 2016/17. "Estamos com uma projeção conservadora de uma saca a menos que em 2016/17, mas isso é só uma cautela", disse Endrigo Dalcin, presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT).

 

Na safra passada, o maior Estado produtor brasileiro registrou rendimento médio de 55 sacas por hectare. Para o ciclo atual, até o momento, são estimadas 54,2 sacas por hectare. De acordo com Dalcin, o "grosso" da colheita no Estado deverá ocorrer entre 20 de janeiro e 15 de fevereiro. "Nesse período, não poderá chover forte para não atrapalhar os trabalhos", disse. "Tem soja saindo do campo já agora no Natal, mas isso ainda é algo bem pontual", acrescentou.

 

Nas lavouras da SLC, uma das maiores produtoras de grãos do país e com plantações em Mato Grosso e no Matopiba - confluência entre Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia - a produtividade será ainda maior neste ciclo que no anterior. "A gente estima um rendimento de 56 sacas por hectare. Na safra passada, foram 55 sacas", disse Frederico Logemann, gerente de relações com investidores da SLC.

 

De acordo com a analista de inteligência de mercado da consultoria INTL FCStone, Ana Luiza Lodi, o cenário como um todo é positivo para o produtor. Ainda assim, ressaltou, a produtividade do ciclo passado não deve ser superada. "O clima foi perfeito no último ciclo. Até teremos alguns produtores com resultados melhores, mas, no todo, ainda vejo uma produtividade menor", disse. A analista destacou que ainda é necessária alguma atenção ao clima seco registrado no Sul do país. "O clima seco pode atrapalhar, mas a gente não vê nada generalizado", avaliou.

 

Ainda que a produtividade não supere o recorde de 2016/17, a expansão de área poderá levar novamente a um volume histórico de produção. A consultoria Safras & Mercado estima uma produção de 114,6 milhões de toneladas de soja no ciclo 2017/18 no país, aumento de 0,3% em relação à safra 2016/17. O incremento ocorrerá, segundo a Safras, graças ao avanço de 5,4% da área, que deve atingir 35,5 milhões de hectares. A consultoria estima uma produtividade média no país de 54,1 sacas por hectare, abaixo das 56,6 sacas da safra passada.

 

Segundo a projeção da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção de soja na atual safra deverá alcançar 109,2 milhões de toneladas, 4,3% abaixo de 2016/17 . A produtividade média esperada para a temporada pela estatal é de 52 sacas por hectare.

 

Data da Publicação: 27/12/2017.

Fonte;MilkPoint

https://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/giro-lacteo/produtividade-da-soja-surpreende-e-pode-se-aproximar-de-recorde-108727n.aspx

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar