Primeiro caso de vaca louca é detectado na Irlanda desde 2013

29/06/2015
 |   

O primeiro caso desde 2013 de encefalopatia espongiforme bovina (BSE), mais conhecida como doença da vaca louca, foi detectado na Irlanda – informou nesta quinta-feira (25) a autoridade sanitária irlandesa, um duro golpe para a indústria pecuária do país.

"Os resultados finais dos testes confirmam que o recente caso suspeito de BSE é um caso isolado de BSE clássica em um único animal", disse um comunicado do ministério da Agricultura.

 

O bovino em causa tinha sido encontrado morto em uma fazenda no nordeste do país no início de junho. Sessenta e sete gados da mesma fazenda foram abatidos, apresentaram resultados negativos e excluídos das cadeias alimentares humana e animal, segundo o ministério.

 

Surgida no Reino Unido na década de 1980, a doença da vaca louca se espalhou para muitos países da Europa e do mundo devido à utilização de farinhas de origem animal contaminada. Suspeita de ser a causa da variante da doença de Creutzfeldt-Jakob em humanos, ela despertou a preocupação dos consumidores e levou a uma grave crise no setor da carne.

 

A confirmação deste primeiro caso desde 2013 é um duro golpe para a indústria bovina irlandesa, já que o país acaba de reconquistar o título de "baixo risco" pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). As autoridades irlandesas aguardam agora que o país retroceda ao nível "risco controlado".

 

A Irlanda é um dos maiores exportadores de carne bovina do mundo, com exportações de 524.000 toneladas em 2014, representando cerca de 2,27 bilhões de euros.

 

No início ano ano, Dublin conseguiu a suspensão do embargo sobre as exportações de carne bovina para os Estados Unidos e a China pela primeira vez desde a crise da vaca louca do final dos anos 1990.

 

Data da Publicação: 25/06/15

Fonte: Globo Rural

http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2015/06/primeiro-caso-de-vaca-louca-e-detectado-na-irlanda-desde-2013.html

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar