LACTALIS DIZ QUE OPERAÇÕES NO BRASIL AFETAM RESULTADO SEMESTRAL

05/08/2015
 |   

O grupo francês Lactalis, dono da marca Parmalat, informou que as operações adquiridas da Lácteos Brasil (LBR) impactaram negativamente o resultado semestral da companhia em 2015, mas que melhorias operacionais em andamento já indicaram melhora no desempenho desta unidade nos últimos três meses.

 

Segundo a Lactalis, a LBR registrou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) negativo em 5,7 milhões de euros nos seis primeiros meses do ano. "As operações adquiridas da LBR foram afetadas negativamente pelo desafio de retomar a produção após uma interrupção parcial", explica a companhia em relatório de resultados, referindo-se ao período de recuperação judicial da empresa brasileira.

 

De acordo com a Lactalis, isso fez com que produtos ficassem indisponíveis em pontos de vendas e impactou resultados. No País, os executivos ressaltam que a companhia está melhorando operações para alcançar níveis de rentabilidade "em linha com o padrão (da empresa)".

 

A Lactalis afirma já ter visto avanços neste processo nos últimos três meses e diz que "uma nova melhora da lucratividade é esperada para o segundo semestre". Na primeira metade do ano, o grupo Lactalis registrou lucro de 38,5 milhões de euros, queda de 57,2% ante o mesmo período de 2014.

 

O Ebitda recuou 8,1%, para 169,4 milhões de euros e as receitas subiram 13,2%, a 2,617 bilhões de euros. A companhia também reportou seus números semestrais em termos ajustados, desconsiderando aquisições recentes no Brasil, Itália, México e Austrália e retirando efeitos da hiperinflação na Venezuela.

 

Neste caso, o lucro avançou 5,6%, o Ebitda subiu 10,3% e as receitas, 6%. A companhia destacou que o mercado de lácteos tem sido afetado pela queda nos preços do leite, o que diminui custos de produtos de maior valor agregado, mas reduz a geração de receitas.

 

O grupo francês também cita que os países desenvolvidos seguem em crescimento econômico moderado e que emergentes estão em desaceleração, o que é negativo para o consumo.

 

Em relatório, a Lactalis afirmou sua estimativa de crescer entre 3% e 5% em receitas e Ebitda em 2015, considerando termos ajustados. Com a compra da divisão de lácteos da BRF, finalizada este mês, a companhia diz ser possível que as receitas aumentem até 8% este ano.

 

As projeções, diz a empresa, estão no intervalo inferior de guidances divulgados anteriormente. A Lactalis também cita que pagou 573,2 milhões de euros à BRF pela sua divisão, ante preço anteriormente estipulado em 623,6 milhões de euros. A diferença decorre da estratégia de hedge implementada pela companhia logo após a assinatura do contrato, em dezembro do ano passado.

 

Data da Publicação: 03/08/15

Fonte: Laticinio net

http://www.laticinio.net/noticias/completa/17225_lactalis-diz-que-operacoes-no-brasil-afetam-resultado-semestral

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar