CHINA BUSCA FORTALECER A SUA PRODUÇÃO PRÓPRIA DE LÁCTEOS

14/06/2018
 |   

Embora as exportações para a China pareçam ser o grande prêmio para muitas empresas de lácteos ocidentais, o caminho pode ficar um pouco mais difícil à medida que o país busca fortalecer sua própria produção de lácteos. O governo chinês diz que para revitalizar a indústria nacional de leite e melhorar a qualidade de seus próprios produtos lácteos, o Conselho de Estado lançou uma circular para orientar o desenvolvimento do setor.

 

O governo espera que a indústria aumente sua capacidade de produção por meio de inovação tecnológica, reforma do sistema em gestão e redução de custos, enquanto aumenta a eficiência. O desenvolvimento da indústria também deve ser coordenado com o desenvolvimento ecológico.

 

Indústria modernizada

 

O documento diz que até 2020, o progresso deve ser feito na construção de uma indústria de leite modernizada, com mais de 99% dos produtos se qualificando e a taxa de reutilização de resíduos na pecuária atingindo mais de 75%. A indústria de leite integral deve ser revitalizada até 2025, disse, "com bases de fontes de leite, processamento de produtos, qualidade e indústria atingindo os níveis mais altos do mundo".

 

Para melhorar as bases de fontes de leite, o governo está pedindo esforços para consolidar as bases atuais no norte, enquanto expande novas áreas no sul. O governo visa o desenvolvimento de métodos de criação de gado padronizados, melhorando a qualidade das vacas de leite por meio de plataformas de dados e de avaliação online, e produzindo forragem de alta qualidade para as vacas.

 

De acordo com a circular, o Conselho de Estado incentiva a integração de empresas de lácteos, empresas de promoção e varejistas de e-commerce, a fim de reduzir custos e aumentar a eficiência para aumentar a competitividade das empresas de lácteos.

 

Supervisão aumentada

 

Regulamentos e regras sobre produtos lácteos também serão melhorados, com supervisão reforçada através de todo o processo de produção de produtos lácteos.

 

Serão tomadas medidas mais rigorosas para garantir a qualidade do leite em pó para lactentes e ações ilegais como: misturar ingredientes não comestíveis e o uso excessivo de aditivos alimentares será estritamente proibido.

 

Data da Publicação: 14/06/2018.

Fonte: MilkPoint

https://www.milkpoint.com.br/noticias-e-mercado/giro-noticias/china-busca-melhorar-a-qualidade-dos-produtos-lacteos-nacionais-208679/

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar