CENÁRIO DE ESTABILIDADE NOS PREÇOS PAGOS EM DEZEMBRO

10/01/2018
 |   

Neste mês, pudemos observar um cenário de estabilidade nos valores recebidos pelos produtores. O indicador médio fechou em R$ 1,106/litro, menos de 1 centavo mais alto do que no último mês. Vale a pena ressaltar que apesar de pequeno, este é o primeiro relato de aumento nos preços recebidos pelos produtores desde Junho de 2017. Confira a evolução dos preços recebidos pelos produtores no gráfico 1 abaixo:

 

Gráfico 1 - Evolução dos indicadores de preços líquidos do MilkPoint Radar (2017).

 

Fonte: MilkPoint Radar

 

A oferta deste mês, mostrou-se abaixo da média histórica do IBGE (entre 1997 a 2016), fechando o mês com uma produção 0,6% menor em novembro. Esta pequena variação foi a realidade também dos principais estados produtores de leite, com quedas um pouco mais significativas na produção de Goiás e São Paulo (gráfico 2).

 

Gráfico 2 - Variação média na produção – IBGE* vs Cepea vs MilkPoint Radar (média Brasil). Fonte: MilkPoint Radar

 



*Dados do IBGE equivalentes à média histórica para o período, de 1997 a 2016

 

Com relação à qualidade, considerando apenas os produtores que participaram nos dois últimos meses, pudemos observar um pequeno aumento no teor de gordura, com média de 3,73%, enquanto a proteína seguiu estável, em 3,24%. A CCS e a CBT apresentaram aumento relevante no mês, fechando em 424 mil/ml e 163 mil UFC/ml.

 

Data da Publicação: 10/01/2018.

Fonte:MilkPoint

https://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/giro-lacteo/cenario-de-estabilidade-nos-precos-pagos-em-dezembro-108853n.aspx

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar