BOLHAS DE AR PODEM MELHORAR PRODUTOS LÁCTEOS, MOSTRA PESQUISA

03/01/2017
 |   

O pesquisador do setor de alimentos da Universidade de Kansas, Jayendra Amamcharla, disse que sua equipe de pesquisa está aperfeiçoando um processo para incorporar bolhas de ar no leite condensado e no iogurte para tornar a textura desses produtos mais desejável aos consumidores.

 

“A tendência dos consumidores é em direção a iogurtes com alto teor de proteína”, disse ele, que é professor assistente de ciências e indústria animal. “Uma das desvantagens de ter maior teor de proteína é que essa aumenta a viscosidade, ou a espessura, do iogurte. Ele se torna tão espesso que você pode comê-lo apenas com uma colher. Incorporamos bolhas de ar no iogurte com alto teor de proteína para reduzir sua viscosidade de forma que fique possível de ser bebido”.

 

O processo desenvolvido pela equipe de Kansas ainda aguarda patente, mas Amamcharla disse que quando estiver pronto, será bastante simples implementá-lo nas plantas de processamento de leite.

 

“Do lado dos processadores, isso melhorará a eficácia do processamento do leite, economizando dinheiro para as plantas. Do outro lado estão os consumidores. Estamos melhorando a aceitabilidade de produtos lácteos com alto teor de proteína. Não deve haver nenhuma diferença no sabor do produto, mas deverá haver melhora na sensação na língua e na boca quando os consumidores consumirem esses produtos”.

 

Ele disse que os benefícios de incorporar bolhas de ar vão além do iogurte. Os pesquisadores também descobriram resultados positivos em outros produtos e processos usados na indústria de lácteos, incluindo leite condensado, concentrados de proteína do leite e concentrados de proteína do soro do leite.

 

Data da Publicação: 03/01/2017.

Fonte: MilkPoint

Clique aqui para saber mais informações.

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar