AUSTRÁLIA: PRODUÇÃO DE LEITE DEVE 'PERMANECER FRACA' APESAR DA RECUPERAÇÃO DOS PREÇOS

19/01/2017
 |   

A produção de leite da Austrália nesta estação mostrará um declínio acentuado, apesar do incentivo da recuperação dos preços dos produtos lácteos, que estão "quase 30% acima" dos níveis médios, informou a National Australia Bank (NAB).

 

O banco destacou as razões para reavivar o sentimento entre os produtores, depois da recessão de 2014-16, que viu os preços dos lácteos australianos, medidos pelos valores de exportação ponderados, alcançarem seus níveis mais baixos desde 2009. Uma recuperação do mercado levou os preços de exportação dos lácteos, em termos de dólar australiano, para "quase 30% acima da média de longo prazo de 2010-16", disse o NAB.

 

Ao mesmo tempo, do lado dos custos, "os preços dos alimentos destinados aos animais continuam muito baixos acompanhando a abundância de grãos e a estação do feno no leste da Austrália", disse o NAB, com o próprio índice de preços de grãos do banco, denominado em dólares australianos, em seu menor nível em quase sete anos. "Nós vemos pouco aumento nos mercados globais de grãos este ano, em meio a ofertas extremamente fortes", disse o banco, embora tenha acrescentado que os dados do Departamento de Agricultura dos EUA da semana passada mostraram que as plantações de trigo de inverno estão em seu nível mais baixo desde 1909, o que "pode ter algum impacto".

 

No entanto, o banco mostrou-se cético em relação à dinâmica melhorada dos produtores de leite que estão passando por recuperação da produção, que "caiu no ano passado", especialmente em outubro, quando as entregas registraram um declínio de 11,4% com relação ao ano anterior.

 

A ressaca dos preços fracos do leite ao produtor é "claramente um importante fator para uma menor produção australiana de leite”. "Embora o aumento nos mercados internacionais deva levar a algum aumento nos preços ao produtor, não está claro se a produção vai responder à medida que o pico sazonal [na produção] acabou", disse Roger Gaudion, chefe de agronegócios do banco.

 

A produção de leite tipicamente alcança picos no chamado “flush da primavera", quando as vacas são colocadas em pastagem fresca. Além disso, a capacidade de produção da Austrália sofreu pelas reduções do rebanho forçadas pelo período de preços baixos e incentivada por valores elevados de carne bovina também. "Temos algumas dúvidas sobre a capacidade da produção se recuperar rapidamente, dada a recente redução do rebanho impulsionada pelos baixos preços do leite ao produtor, combinados com bons preços para vacas abatidas", disse Gaudion.

 

O recente ritmo de produção sugeriria queda da produção em 8,2% em 2016-17, que termina em junho. "Mesmo que a produção se recupere este ano, a produção sazonal provavelmente ainda será 5% menor". Os comentários apoiam as expectativas de produção fraca em muitos países produtores e exportadores de leite, ideias que apoiaram a recuperação dos preços, que subiram 47% no ano passado no GlobalDairyTrade.

 

A Fonterra, que processa a grande maioria da produção de leite da Nova Zelândia, registrou na semana passada um declínio de 4,8% com relação ao ano anterior em suas captações de leite em dezembro. Dados mais recentes disponíveis apontam que produção de leite da União Europeia caiu 2,8% em setembro com relação ao ano anterior.

 

No Reino Unido, os dados mostram um começo fraco para 2017 também, com captações de 31,73 milhões de litros por dia, uma queda de 5,6% com relação ao ano anterior na primeira semana.

 

Os EUA, onde a produção aumentou em 2,4% em novembro, "continuam sendo um caso isolado, à medida que o milho barato continua a apoiando os menores custos dos insumos", disse Gaudion.

 

Austrália - produção de leite

 

Data da Publicação: 19/01/2017.

Fonte: MilkPoint

https://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/giro-lacteo/australia-producao-de-leite-deve-permanecer-fraca-apesar-da-recuperacao-dos-precos-103679n.aspx

 

Novo comentário:

Por favor, digite a sequência de caracteres da imagem acima para validar o envio do formulário.

Voltar